A tempestade

The Tempest, Shakespeare

Fiz um post no meu Residence sobre o Open Source Shakespeare do Eric M. Johnson que me perguntou quando eu havia conhecido e me apaixonado por Shakespeare. Lembrei então do meu primeiro contato em um livro de uma coleção para adolescentes. Na época, recém alfabetizada, eu lia muito mal – lia quase só os títulos e as legendas e por muito tempo ficaram na minha memória apenas imagens, entre as quais, um navio soprado por nuvens com carinhas de bebê. Apaixonei-me verdadeiramente por Shakespeare muitos anos depois, quando finalmente fui conhecendo as traduções para o português e vendo filmes sobre suas peças. Há uns seis anos comprei a coleção “O livro dos nossos filhos” do meu tempo de criança, que havíamos perdido depois muitas mudanças, de onde digitalizei a imagem acima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s