A palavra

Esta semana depois de escrever “a ‘palavra’ deveria ser sagrada numa editora” lembrei-me do manifesto “This is a printing office”.

This is a printing office, Beatrice Warde manifesto

Ano passado fiz um post no meu Residence of Gods sobre Beatrice Warde e seu famoso manifesto mas não traduzi o texto. Faço agora, não uma tradução mas uma “interpretação”. Não consegui apreender exatamente “not to vary with the writer’s hand”, mas fica abaixo a tentativa.

ESTA CASA É UMA EDITORA
Ponto crucial de civilização · Refúgio de
todas as artes contra os ataques do tempo ·
Armadura da verdade destemida contra
rumores maledicentes · Incansável divulgadora
de arte · Deste local as palavras podem ir
longe, não para perecer como ondas de som,
não para variar de acordo com a mão do escritor mas
fixadas no tempo, tendo sido verificadas e
comprovadas · Amigo, você está em solo sagrado,
Esta Casa é uma Editora
BEATRICE WARDE

Anúncios

2 comentários sobre “A palavra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s