Temor

Com estes dias chuvosos meu único temor é que o céu me caia na cabeça, conforme previsões dos ecochatos e velha crença celta, sem que eu possa diagramar minha vida. Sim, pretendo morrer com tudo organizadinho.

Lenda ou historia, consta que Alexandre, o Grande, impressionado com o destemor dos guerreiros celtas em batalha, perguntou para eles se havia algo que lhes metesse medo – é provável que quisesse ouvir seu próprio nome – e estes responderam que não temiam nada, a não ser, é claro, a possibilidade de o céu lhes cair na cabeça.

O que vocês acham observando minha foto de São Paulo no dia 19 de novembro de 2007?

sampa_cinza.jpg

Anúncios

4 comentários sobre “Temor

  1. Em verdade, em verdade vos digo que é mais fácil de levar o céu cair sobre nossas cabeças do que um motoqueiro bater no seu carro. Nas torrentes, pelo menos, a desgraça acaba ali. Quizila com motoqueiro equivale a pagar cesta básica a vida inteira pra mãe do meliante.

  2. Pois é… foi assim, com essas palavras evangelizadoras, que os pobres celtas acabaram acreditando no inferno…
    Certamente nos dias atuais se algum deles se achasse na Nove de Julho ou mesmo na Heitor Penteado, acharia melhor que o céu lhe caísse na cabeça do que ter se haver com uma mater dolorosa de um motoqueiro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s