Dôra, Doralina

Dôra, Doralina, Rachel de Queiróz

“… mas o medo não depende de crença ou descrença, medo entra pelo couro da gente, se enfia pelos poros, sei lá.”

Dôra ou Doralina, como ela preferia, entrou no meu cérebro e tomou conta dos meus poros. Li em pouco tempo e de vez em quando penso nela e em como a vida dá voltas e acabamos no mesmo lugar.Dôra, Doralina de Rachel de Queiroz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s